Fevereiro 22, 2024
Ouça a Rádio Arca aqui!

Evangélica, ex-BBB fala sobre trabalho missionário: ‘Conheci Jesus em uma célula’ Featured

Evangélica, ex-BBB fala sobre trabalho missionário: ‘Conheci Jesus em uma célula’ Cegonha (Foto: Reprodução/Canva)

Quando o programa Big Brother Brasil, estreou no país em 2002, logo atraiu visibilidade nacional por se tratar de uma novidade que hoje, por outro lado, é motivo de muitas críticas. Como uma das primeiras participantes, a ex-BBB Thaís Macêdo lembra bem do que isso proporcionou na época.

Hoje com 44 anos, Thaís entrou no BBB em 10 de janeiro de 2006, sendo eliminada no 6º paredão, com 57% dos votos. Na época ela tinha 26 anos e lembra que propostas indecentes começaram a surgir assim que obteve a aprovação para entrar no programa.

“Logo que eu saí já tinha gente da revista Sexy e da Playboy me esperando no hotel. A proposta maior foi da Sexy. Eu ainda ponderei, mas vi que o valor não mudaria minha vida pra sempre”, disse ela em uma entrevista.

“Tive convites absurdos, como empresários aqui de Belém, casados, querendo viajar comigo, oferecendo um dinheiro exorbitante. Teve ainda convites de políticos para viajar ao exterior para eventos grandiosos, para participar de eventos de grandes empresários. Não vou citar nomes, mas são donos de grandes lojas de eletros no eixo Rio e São Paulo, não aceitei nenhum dos convite, é claro”, destacou.

A missionária

Ainda quando estava no programa, a hoje ex-BBB Thaís Macêdo chamou atenção, na época, por falar de Deus para os participantes do reality. Ela, inclusive, fazia orações antes das refeições junto aos demais colegas.

Aparentemente, Deus já estava trabalhando no coração de Thaís, a fim de que ela desse testemunho acerca da sua vontade. “Eu vou fazer 45 anos esse ano, quando eu participei do BBB, tinha apenas 26 aninhos. Hoje sou mãe, dona de casa, vivo em função da minha filha, do meu trabalho e das coisas de Deus”, disse ela.

Além de psicóloga, Thaís também dá palestras e faz ministrações da Palavra de Deus. “Meu trabalho como missionária aconteceu naturalmente”, disse ela.

“Eu conheci Jesus em uma célula, aceitei Jesus no mesmo dia, depois de um mês eu já estava frequentando a igreja e naturalmente surgiram os convites para testemunhos, ministrações de palavra”

.Creditos: Gospel+

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Quarta, 01 Fevereiro 2023 05:10