Fevereiro 22, 2024
Ouça a Rádio Arca aqui!

Perseguição religiosa em Cuba mais que dobrou, aponta relatório Featured

Perseguição religiosa em Cuba mais que dobrou, aponta relatório Cegonha (Foto: Reprodução/Canva)

Um novo relatório sobre liberdade de religião ou crença (FoRB) em Cuba constata que o número de violações documentadas da FoRB aumentou em 2021, em meio a uma repressão generalizada de tumultos civis sem precedentes.

De acordo com CSW, o relatório, intitulado “Pátria, Fé, Vida: um apelo à liberdade em Cuba”, documenta 272 casos envolvendo 498 violações da FoRB 2021, contra 203 casos em 2020 e 260 em 2019.

Nesse sentido, as violações documentadas incluem detenção arbitrária, negação de vistos religiosos, ameaças, assédio e abuso físico, fechamento forçado de locais de culto, privação de assistir a cultos religiosos, privação de viajar ao exterior e a perda de emprego.

“Seguindo em frente, será vital que a sociedade civil independente em Cuba, incluindo grupos religiosos, continue a receber apoio da comunidade internacional”, aponta o relatório.

Desta forma, o relatório explora a repressão das autoridades cubanas contra líderes religiosos e participantes  de protestos pacíficos que se espalharam por todo o país em 11 de julho de 2021. A CSW recebeu relatórios confirmados de oito líderes religiosos que foram detidos arbitrariamente, e muitas vezes de forma violenta.

Sendo assim, um dos líderes presos, o Pastor protestante Lorenzo Rosales Fajardo, está preso desde 11 de julho. Ele foi julgado em 20 e 21 de dezembro e ainda aguarda a notícia de sua sentença. O governo pediu dez anos de prisão.

Além disso, o relatório afirmou que o governo cubano deve fazer reformas muito necessárias para garantir que os direitos fundamentais de todos sejam protegidos e defendidos, e deve haver consequências se isso não acontecer.

“Após mais de 60 anos de governo autoritário de um só partido, parece que o povo cubano está pronto para a mudança. As democracias em todo o mundo deveriam explorar ativamente formas inovadoras de apoiá-las para garantir que qualquer transição seja pacífica e se mude para uma sociedade democrática mais representativa, inclusiva e aberta”, conclui o relatório.

.Creditos: Gospel +

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 13 Fevereiro 2023 20:17