Novembro 17, 2018

A Páscoa e seu Verdadeiro Sentido

PÁSCOA = Em Hebraico Quer Dizer Pesah, Que vem de um verbo que significa “Passar Por Cima “. no sentido de poupar. (Êxodo 12.13,27 etc.).

1a - PÁSCOA SUA INSTITUIÇÃO = Êxodo 12:1-29

QUANDO E ONDE SERIA REALIZADA A 1a PÁSCOA:

Mês de Abibe-chamado depois de Nisã, o mês no qual amadurecia o cereal e no qual foi celebrada a primeira páscoa. Tornou-se o primeiro mês do calendário judaico, para celebrar o acontecimento em Êxodo 12.2; Dt 18.1; conforme Lv 23.5; Nm 9.15; 28.16.

QUEM SERIA A VÍTIMA PASCAL:

Um cordeiro ou um cabrito. Macho, de um ano, sem defeito, sem mancha ou mácula. Em Êxodo 12:46 e Números 9:12 determinou-se que nenhum osso da vítima pascal deveria ser partida. Esse detalhe foi cumprido quando Jesus foi crucificado João 19:36.

COMO SERIA A PÁSCOA:

• Animal seria morto e o seu sangue seria passado nas vergas e nas ombreiras das portas de cada família Israelita (Hebréia).

• O sangue seria aplicado com hissôpo, a folhagem de uma planta usada para purificação no tempo de Moisés.

• A carne seria assada (vide texto bíblico), comida apressadamente, com lombos cingidos, sandálias nos pés e cajado nas mãos.

• Seria comido com pães asmos (sem fermento) chamado pão da aflição.

A QUE HORAS SERIA REALIZADA A PÁSCOA:

No crepúsculo da tarde, horário entre o pôr do sol e o anoitecer total.

ONDE SERIA REALIZADA:

Em família, no recinto familiar.

QUAL A FINALIDADE DA PÁSCOA:

• Povo Hebreu, chamado depois de povo de Israel, era escravo no Egito há mais ou menos 420 anos.

• Deus prometeu libertá-los, mas Faraó não queria que isso acontecesse. Deus então enviou nove pragas sobre o Egito, mas o coração do rei se mostrou endurecido.

• Jeová então enviou a décima praga, que foi a morte dos primogênitos.

• Para que houvesse livramento; para que a morte não chegasse à moradia dos hebreus foi necessário que o sangue fosse aplicado nas ombreiras da porta de cada habitante (povo de Deus).

• O povo hebreu foi salvo da morte e partiu rumo a terra prometida.

• Deus ordenou ao povo que comemorasse a Páscoa após a saída do povo do Egito e contasse a história para seus filhos. Êxodo 12:24-27a

Referências; Êxodo 1 a 11 Sofrimento do povo Hebreu, nascimento de Moisés e seu chamado.

Instituição da Páscoa - Êxodo 12: 1-28

Morte dos primogênitos - Êxodo 12: 12 -36

PÁSCOA NO NOVO TESTAMENTO:

O uso judaico, nos dias de Herodes, é refletido no tratado Mishnah Pesahim.

O povo comum se congregava em grupos, no átrio exterior do Templo para abater as vítimas pascais.

Os sacerdotes punham-se em duas fileiras; em uma fileira cada homem tinha uma bacia de ouro, e na outra cada homem tinha uma bacia de prata. A bacia que apanhava o sangue da vítima era passada de mão em mão, numa troca contínua, até o fim da fileira, onde o último sacerdote lançava o sangue, à maneira própria do ritual, sobre o altar.

Tudo isso era feito com o acompanhamento do cântico do Hallel, ou seja, os Salmos 113-118.

Esses e outros detalhes eram bem diferentes da cerimônia simples realizada no Egito

A vítima pascal era abatida no templo judeu, porém a própria refeição podia ser consumida dentro de qualquer casa no interior dos limites da cidade.

Cristo comemorou a Páscoa

Mateus 26: 17-19 / 26-30

Marcos 14:12-16 / 22-26

Lucas 22: 14 a 18 / 19-23

João 13: 1-11

• Cordeiro verdadeiro estava presente, não houve o cordeiro animal. Foi introduzido o vinho e retirada as ervas amargas. O pão iria dali pôr diante simbolizar a carne do verdadeiro Cordeiro, bem como o vinho o sangue do Redentor.

• Com a chegada do cristianismo, com a morte de Cristo na cruz do Calvário, a Páscoa passou a denotar o aniversário da ressurreição de Jesus.

A MUDANÇA DO SENTIDO DA PÁSCOA ATRAVÉS DOS TEMPOS:

Nos países de língua germânica a festa da Páscoa era comemorada como a festa do equinócio de inverno.

Subseqüentemente, com a chegada do cristianismo, essa mesma palavra passou a ser empregada para denotar o aniversário da ressurreição de Cristo.

Os cidadãos coloriam ovos e ofereciam aos seus amigos.

A palavra Páscoa em Inglês “Easter” é uma reminiscência de “Astarte”, a deusa-mãe da fertilidade, cujo culto era generalizado pôr todo mundo oriental e ocidental e que na Bíblia é chamada de Astarote.

Quem é Astarote - deusa-mãe com aspectos de deusa da fertilidade, do amor e representando uma mulher despida, têm sido descoberta em diversos lugares da palestina representando a deusa Astarte.

A MUDANÇA DO SENTIDO DA PÁSCOA ATRAVÉS DOS TEMPOS:

Enquanto o povo Deus comemorava a Páscoa, simultaneamente na mesma época e em lugares diferentes os filhos das trevas prestam cultos a demônios.

Exemplo: Entre os povos de língua Germânica, comemoram a festa do EQUINÓCIO DE INVERNO.

E QUEM É ASTARTE?

“Deusa fenícia do amor, geralmente identificada com a GREGA AFRODITE, ou com a EGÍPICIA ISIS (Almanaque Abril 1978 pág. 380) ou ainda VÊNUS DE MILLUS; no Brasil, IANSÔ.

COMO ERA COMEMORADO O EQUINÓCIO:

Os ovos eram coloridos (pôr representarem a vida e a fertilidade) Esses ovos coloridos eram consagrados nos templos e enviados aos amigos, aos casais estéreis, às mulheres ou homem a quem se desejava conquista.

Obs. Despachos equivalente à garrafa de champanhe oferecidas a pomba-gira.

Sabemos que o coelho também é p/ o pagão símbolo de fertilidade, os mesmo objetos de culto aos demônios do sexo, mas pela palavra coelho é “animal imundo” Levítico 11:6

“O coelho era símbolo pagão e tem sido sempre um símbolo de fertilidade”. Como o ovo de páscoa e o coelho de páscoa veio para o cristianismo desde a antiguidade. O coelho é associado com a lua nas lendas do antigo Egito e outros povos… Através do fato de que a palavra egípcia para coelho significa “aberto” e “período”, o coelho veio a ser associado com a idéia de periodicidade, tanto lunar como humana, e com um principio de nova vida tanto no jovem como na jovem, sendo assim um símbolo de fertilidade e de renovação da vida.

Como tal o coelho ficou ligado aos ovos de páscoa. Portanto, o coelho da páscoa como os ovos da páscoa eram símbolos de significado sexual, símbolos da fertilidade.

Acreditar que um coelho “bota” um ovo de chocolate é simplesmente absurdo!

O pior é que induzimos nossos filhos a crer numa mentira imposta pelo paganismo e reforçada pela igreja romana.

Toda a simbologia redentiva da Páscoa foi esquecida e alterada para esvazia-la de seu verdadeiro conteúdo bíblico e profético!

Na estação da Páscoa não é incomum para os cristãos irem a cultos ao nascer do sol.

Acredita-se que isso honra a Cristo, porque Ele ressuscitou dos mortos no Domingo de Páscoa pela manhã, bem na hora que o sol estava surgindo. Mas a ressurreição não ocorreu verdadeiramente ao nascer do sol, pois ainda era ESCURO quando Maria Madalena veio ao sepulcro e ele estava vazio.

E na mesa do Senhor, na Páscoa do Senhor não usamos nada imundo.

• Sempre os espíritos das trevas exigem alimentos em seus cultos, seja a farofa, a bebida, ou mesmo a bala, doces, cocadas etc. para Cosme Damião (Igreja católica) ou menino de angola na umbanda.

• Certamente você não deixa seu filho receber balas, doces etc. da mão de santo no dia de Cosme e Damião.

• Porque então comer os ovos consagrados a astarote (pomba-gira)

“ É Tempo de restaurarmos o ensino da verdadeira Páscoa. Amém

O meu povo erra por que falta que vos ensine, o meu povo perece porque lhe falta entendimento.” Oséias 6.3

O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE COISAS SACRIFICADAS A ÍDOLOS:

No mundo greco-romano os sacrifícios eram apresentados aos deuses no templo

• Sacrifício era apresentado pôr uma refeição religiosa, quando o alimento consagrado era consumido nos recintos do templo ou em casa. Algumas vezes o restante era enviado ao mercado para ser vendido. I Coríntios 10:25; I Coríntios 8: 1-13, I Coríntios 1:26

• Havia em Coríntios estas cerimônias e haviam crentes tentados a participar.

O apóstolo Paulo esclarece quanto a coisas sacrificadas a ídolos.

A PÁSCOA DA SOCIEDADE ATUAL:

Tem como símbolo o coelho considerado na Bíblia como animal imundo e proibido para o consumo alimentar dos Judeus. Lev 11:6.

Para a sociedade ele é o símbolo da fertilidade, bem como o ovo que o acompanha. Semelhança com Astarte deusa-mãe da fertilidade.

Segundo a revista AMAE EDUCANDO a festa com Ovo da Páscoa é uma festa pagã. (revista No 172)

Que cerimônia é essa comemorada pela sociedade comunista? O que representa?

De acordo com o que lemos não é nada menos que uma armadilha satânica que tenta torcer toda a mensagem bíblica da Páscoa.

A mensagem de sacrifício e redenção do homem, que nada tem a ver com coelho, e os ovos de chocolate...

Extraído revista Bom Marche 22/03/99

Os festejos da Páscoa em todo o mundo possuem variações em suas origens e significados.

 

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 17 Abril 2017 17:49
Otávio Guilherme

Otávio Guilherme é cantor, compositor e apresentador do programa Amigos de Deus em BH, Minas Gerais. Trabalha também com produção, gravação e edição de vídeos além de criar websites.

www.otavioguilherme.com.br

Trending Now

Latest Tweets

Veja se voce está na nossa galeria de agradecimento... Jaime Zimmer Danny Bastos Ana Roque Valentina Guerreira Jon… https://t.co/ZXb1kPJ52j
Wow! Bom dia! https://t.co/1aO8D6tz8j
Renato Santos Isaias Valentina Guerreira Pedro Corrá Paulo Abreu Laine Furtado Joe Souza Tatiana Goncalves Leidmar… https://t.co/ozpVFnbaIy
Follow Otávio Guilherme on Twitter

Post Gallery

A Rádio Arca em seu celular 24 horas

Por que Jesus morreu? Conheça quatro teorias sobre a Expiação

Eu Colherei - Remix por DJ Adelson

Visita de Trump a Israel pode ter consequências proféticas

Teólogo pede que cristãos não esqueçam: “A Ressurreição mudou tudo”

Após atentado islâmico, versículos bíblicos tomam ruas de Londres

Erdogan volta a provocar cristãos e mostra sua intenção de ser califa

Preto no Branco continua acumulando sucessos

Muçulmanos se convertem graças ao testemunho dos filhos