Junho 18, 2024
Ouça a Rádio Arca aqui!

Deus está retirando o freio da sociedade’, diz pastor ao lamentar projeto que facilita a zoofilia Featured

Deus está retirando o freio da sociedade’, diz pastor ao lamentar projeto que facilita a zoofilia Cegonha (Foto: Reprodução/Canva)

Discussões sobre mudanças de leis na Espanha têm gerado indignação na sociedade e motivaram uma publicação do pastor Renato Vargens sobre o tema, alertando os cristãos a se manterem firmes no Evangelho.

A discussão no Congresso espanhol gira em torno de uma alteração no Código Penal que, segundo especialistas em defesa animal, facilitaria a prática de zoofilia. O texto proposto, e aprovado em primeira votação pelos deputados, só vai considerar o sexo com animais como um crime se houver lesões que demandem tratamento veterinário.

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, o atual Código Penal prevê punição de três meses a um ano de prisão para quem “maltratar [um animal] injustificadamente, causando-lhe lesões que prejudiquem gravemente a sua saúde ou sujeitando-o à exploração sexual”. Na prática é uma lei mais dura, já que não exige o encaminhamento para um médico veterinário nem que haja necessariamente lesões para haver punição por violência sexual.

Grupos que atuam na defesa dos animais criticam a mudança na lei, pois nem todo ato sexual provoca lesões aparentes: “No caso de abusos sexuais contra animais, esta nova lei exige que haja um relatório veterinário que comprove as lesões. No Código Penal de 2015, foi incluído o crime de zoofilia, mas agora, se não houver lesões verificadas por um profissional veterinário, não pode ser considerado crime”, afirmou a jurista Amparo Requena.

Diante da notícia, muitos comentaram nas redes sociais. O deputado federal Delegado Paulo Bilynskyj (PL-SP), afirmou que a “Espanha descriminalizou o ato sexual com animais, desde que o animal não se machuque”, e acrescentou: “O mundo tá acabando rápido”.

O pastor Renato Vargens chegou à mesma conclusão: “Tenho a clara sensação que Deus está retirando o freio da sociedade e entregando-a a si mesma”.

Em sua conta no Instagram, o pastor incentivou os servos de Deus a seguirem firmes na postura contracultura: “Entendo também que os efeitos da graça comum em nossos dias são menores, e a consequência disso é a multiplicação da iniquidade e o esfriamento do amor. Quanto aos verdadeiros cristãos sigam firmes, denunciando o pecado e pregando o evangelho, mesmo que isso traga perseguição e ódio aos seguidores do Rei”.

 

.Creditos: Gospe+

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sexta, 24 Fevereiro 2023 21:32