Abril 13, 2024
Ouça a Rádio Arca aqui!

Pastor é sequestrado, torturado e morto por pregar o Evangelho no Laos Featured

Pastor é sequestrado, torturado e morto por pregar o Evangelho no Laos Cegonha (Foto: Reprodução/Canva)

O corpo de um pastor de uma igreja oficialmente reconhecida no Laos foi encontrado com sinais de tortura, e fontes relataram que a motivação do crime seria sua fé cristã.

Líderes cristãos e a polícia na província de Khammouane, região central do Laos, acreditam que o pastor Seetoud, que atendia por um único nome, foi morto por pregar o Evangelho em meio ao rápido crescimento da Igreja no país.

O pastor era aguardado numa reunião de cristãos no dia 20 de outubro em Thakhek, a cerca de 100 quilômetros de sua casa na vila de Don Keo, em Nakai, na província de Khammouane. A viagem levaria três horas e meia de moto.

Como Seetoud não apareceu na reunião, o grupo de 20 pessoas passou a procura-lo numa estrada de terra em uma montanha perto da vila de Don Keo e em um hospital local, sem sucesso.

O grupo de busca também obteve imagens de circuito interno de TV de um dono de loja local nas proximidades de Nakai, mostrando que o pastor Seetoud foi ao estabelecimento no dia 21 de outubro e deixou um recipiente plástico de gás que ele pretendia pegar mais tarde.

Posteriormente, um morador da região encontrou o corpo do pastor Seetoud em uma vala em uma estrada montanhosa na selva perto da vila. Ele tirou fotos do cadáver e publicou no Facebook, permitindo que o grupo de busca encontrasse o local no dia 23 de outubro.

Dois cristãos que planejavam deixar sua aldeia e se juntar ao pastor Seetoud para a reunião em Thakhek disseram que ele estava atrasado porque duas autoridades não identificadas questionaram o líder da igreja sobre suas atividades e razões para viajar para a cidade.

Uma testemunha disse que o pastor Seetoud parou na estrada quando viu um caminhão preto sem placas em 20 de outubro, e que três homens saíram, o agarraram e o jogaram violentamente no caminhão, saindo em seguida.

A testemunha disse que presumiu que as autoridades estavam prendendo um criminoso e decidiu continuar sua jornada. Quando mais tarde ele ouviu sobre a morte do pastor Seetoud, ele disse aos aldeões que foi o pastor que foi sequestrado.

De acordo com informações do portal The Christian Post, o corpo do pastor Seetoud estava severamente desfigurado e mostrava sinais de tortura. A equipe de busca encontrou a Bíblia do pastor Seetoud perto de seu corpo e sua motocicleta na estrada.

Ele deixa esposa e oito filhos, o mais novo com 1 ano de idade. O pastor Seetoud liderou uma congregação da Igreja Evangélica do Laos, uma das três denominações oficialmente reconhecidas no país, juntamente com a Igreja Adventista do Sétimo Dia e a Igreja Católica Romana.

O Laos ocupa o 26º lugar na lista de perseguição da Missão Portas Abertas sobre os 50 países mais hostis aos cristãos. Oficialmente chamado de República Democrática Popular do Laos, desde 1975 o país que faz fronteira com a Tailândia, Mianmar e China é um Estado socialista e uma ditadura autoritária de partido único.

 

 

 

Creditos: Gospel+

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Terça, 15 Novembro 2022 15:57